Acusado de cometer ‘feminicídio’ em Juazeiro é preso em Petrolina

Um homem acusado de ter cometido um ‘feminicídio’ na cidade de Juazeiro, foi preso na manhã da sexta-feira (2), em Petrolina. Segundo a 17ª Coorpin, Valdemir Ferreira dos Santos foi preso pela Polícia Militar e deu um nome falso, pois já teria cometido um homicídio em Juazeiro, em 2017.
A Delegacia de Homicídios de Juazeiro foi acionada e ao chegar em Petrolina, identificou o acusado. Mais conhecido como “Kininho”, ele amarrou as mãos da sua esposa e asfixiou a vítima, na residência do casal, no bairro Dom Thomaz. O crime aconteceu em julho de 2017 e o filho do casal, de apenas 5 anos, presenciou o crime.
Com a prisão de Kininho, o inquérito policial da morte de Maria Aparecida Oliveira da Hora foi concluído. Contra Kininho estava em aberto o mandado de prisão preventiva, que foi cumprido e ele também responderá pelo porte ilegal de arma, crime pelo qual foi preso em Petrolina.
Homem é preso com arma branca 
Na madrugada desse sábado (3), policiais da 9ª CIPM efetuaram a prisão de um homem de 30 anos. Ele foi preso durante uma ronda da Polícia Militar, no Centro de Araripina, portando uma arma branca. A arma e o acusado foram encaminhados par a Delegacia de Polícia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar