Irregularidades no tratamento de esgoto do Pedra Linda leva prefeitura a multar Compesa em quase R$ 800 mil; Companhia contesta

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) recebeu nova multa da Prefeitura de Petrolina. A punição, no valor de aproximadamente R$ 800 mil, foi aplicada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos (Armup), desta vez pela constatação de irregularidades na estação elevatória do Bairro Pedra Linda.
Após fiscalizações, a Armup verificou que a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) não vinha funcionando devidamente e os dejetos estavam sendo lançados, diretamente, no afluente do Rio São Francisco.
Segundo o diretor-presidente da Armup, Rubem Franca, a Compesa já havia sido notificada várias vezes para corrigir a situação. Contudo, a Companhia sequer se manifestou acerca do problema. “Diante desta situação não restou outra alternativa à administração municipal que não fosse tomar as medidas necessárias e multar a Compesa, mais uma vez“, disse. A concessionária ainda pode recorrer.
No início de junho, a Compesa foi multada também em cerca de R$ 800 mil por irregularidades no Loteamento Vale Dourado onde os esgotos estavam sendo lançados no Riacho das Porteiras, afluente do Rio São Francisco.
Contestação
Em nota enviada ao Blog, a Compesa contestou as irregularidades apontadas pela Armup na ETE do Pedra Linda. “A contestação à Armup será feita dentro do prazo estabelecido pela entidade, assim como a multa aplicada”, frisou a Companhia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar