Comissão esclarece anulação da eleição do Sindsemp

Na última terça-feira (14) muitos servidores do município foram às urnas votar na eleição para renovação da diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp). O pleito, aparentemente, ocorreu sem maiores problemas, mas a apuração dos votos está gerando muita polêmica.
Por volta das 03h00 da manhã desta quinta-feira (15), a comissão responsável pela realização da eleição decidiu, após contabilizar os votos das 31 urnas apuradas, suspender a apuração restando apenas a contagem dos votos em separado no total de 134. Ficou decido naquela oportunidade que a apuração seria retomada a partir das 16h00 de hoje.
Com a apuração das 31 urnas o resultado parcial colocava em vantagem a Chapa 2, encabeçada pela professora Magda Oliveira Mangabeira Feitosa, com 1007 votos contra 950 votos da chapa 1, encabeçada pelo o atual presidente Walber Lins.
De acordo com informações de alguns servidores a apuração continua suspensa e o clima é tenso em frente a sede do sindicato, também nos repassaram que haveria um pedido de impugnação de algumas urnas, mas nossa reportagem não conseguiu confirmar essa informação.
O que se sabe é que integrantes das duas chapas e da comissão especial da eleição se encontram dentro do prédio do sindicato discutindo o impasse, portanto, aguardamos novas informações para divulgarmos se haverá ou não a continuação da apuração ainda hoje ou se o pleito será prejudicado por algum motivo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar