Salgueirense viaja a Curitiba para fazer doação voluntária de medula óssea

Quase 3.000 km, só de ida, foram percorridos este mês pela salgueirense Amanda Geyza dos Santos Nogueira para fazer uma doação de medula óssea a um paciente desconhecido em Curitiba-PR. Geyza foi a primeira moradora de Salgueiro a ser selecionada pelo Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea) para efetivar esse tipo de doação.
O banco de dados financiado pelo Ministério da Saúde entrou em contato com o Hemope em Salgueiro, que telefonou para Amanda e iniciou o processo. Cadastrada no sistema há 4 anos, Amanda foi submetida a testes em Salgueiro e Curitiba no último bimestre de 2018, até ser comprovada a compatibilidade de 98% com o receptor. Segundo o Hemope, a chance de ser compatível, quando não existe parentesco, é de uma em um milhão.
No dia 12 de janeiro, Amanda viajou à capital do Paraná com tudo pago pela Organização Mundial da Saúde (OMS), fez a doação em um hospital curitibano e retornou a Salgueiro no último domingo, 20, com sentimento de dever cumprido. “O que me motivou foi o amor ao próximo. Muita gente deveria ter essa bondade, mas poucos têm”, disse em entrevista ao Blog Alvinho Patriota.
O ato humanitário de Amanda repercutiu na cidade. Ela tem recebido elogios nas ruas, na vizinhança e no trabalho. A vereadora Paizinha Patriota pretende homenageá-la na sessão da próxima quinta-feira, 24, na volta do recesso da Casa Epitácio Alencar.
Da redação do Blog Alvinho Patriota

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar