Lanterna do Pernambucano, Petrolina demite o técnico Lima e Neco assume o time

A campanha ruim do Petrolina no Campeonato Pernambucano custou cargo do técnico Lima

A campanha ruim do Petrolina no Campeonato Pernambucano custou cargo do técnico Lima. O treinador, que comandou a Fera Sertaneja em cinco partidas, com quatro derrotas e um empate, foi demitido nesta quinta-feira. Ele deixa o clube com 6,7% de aproveitamento e na lanterna da competição, dentro da zona de rebaixamento, restando quatro jogos para o fim da primeira fase.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, o treinador disse que os resultados ruins foram essenciais para a sua saída do comando técnico da Fera.

– Resultado não veio, acontece essas coisas. A gente não pode interferir. Conversei com presidente, uma pessoa muito boa. Infelizmente, como não veio o resultado, vem a pressão. A gente conversou e fica melhor assim. Vou ficar na torcida pelo Petrolina.

Lima assumiu o Petrolina faltando menos de um mês para o início do Campeonato Pernambucano. Segundo treinador, mesmo sem as vitórias, o time estava evoluindo na competição.

– Eu vejo que a equipe vem em uma crescente fez, dois bons jogos contra Santa Cruz e Sport, mas os resultados não vieram e complica um pouco. O trabalho foi feito. É a cultura do futebol brasileiro, quando não vem o resultado, alguém tem que sair. Infelizmente. (Globo Esporte).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar