‘Efeito Avianca’ faz preço de passagem aérea subir até 100% no Aeroporto de Petrolina

Saudosos do preço que variava entre R$200,00 e até R$500, na hora de comprar passagem de avião, vários Juazeirenses e petrolinenses “estão assustados com os preços das passagens aéreas com destino a Salvador e Recife.

Através das redes sociais os consumidores também reclamam que o preço subiu 100% os valores das passagens aéreas de Salvador para Brasília, Rio de Janeiro e Petrolina.  A redação deste Blog Geraldo José fez uma consulta na manhã desta quinta feira 2 e constatou que a média do preço de compra para Recife e Salvador ultrapassa a casa dos três mil reais.

O cenário é resultado do cancelamento dos voos da Avianca, que fez estourar a demanda reprimida e provocou a alta nos preços. Como não há regulação de preços, as empresas estão faturando mais alto com o transporte de passageiros.

O ex-deputado e atual presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim, e a deputada estadual Dulcicleide Amorim (PT), fizeram no dia 1º de maio, um vídeo que foi postado em suas redes sociais, mostrando o absurdo que se tornou viajar de avião entre Petrolina e o Recife e vice versa.

Nas imagens, Odacy que chegava de viagem de ônibus, junto com Dulcicleide, denunciou o abuso na operação dessa rota, após a falência da Avianca.

Dulcicleide registrou outro absurdo que vem ocorrendo com uma única empresa operando a rota entre a capital pernambucana e Petrolina. Segundo ela, na semana passada passou cerca de 7 horas dentro do avião para chegar a ‘terra dos impossíveis’, quando num movimento normal, a viagem dura em torno de 1 hora.

“A gente não pode mais permitir que continuem com esse monopólio, com essa falta de respeito com o passageiro e com as pessoas que precisam do transporte aéreo”, registrou a deputada Dulcicleide Amorim.

Odacy e a deputada Dulcineide são casados e denunciaram que o valor cobrado da passagem foi de R$ 2 mil.

Detalhe: A passagem de ônibus custa cerca de R$ 180,00 trajeto Recife a Petrolina.

Fonte Blog do Geraldo José

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar