Petrolina: operação da Vigilância Sanitária interdita estabelecimento odontológico em Rajada

Na manhã desta sexta-feira (10), a Prefeitura de Petrolina, através da Agência Municipal de Vigilância Sanitária realizou uma operação no distrito de Rajada. Após denúncias, a equipe de fiscais interditou um estabelecimento odontológico que, além de não possuir os documentos necessários para funcionamento, ainda foi flagrado com uma sala servindo de consultório oftalmológico, em que as consultas eram feitas por um optometrista (profissional responsável pelas medições de amplitude visual).

Foram recolhidas receitas médicas e todo o material do consultório oftalmológico foi apreendido. A ação contou com o apoio do efetivo da Guarda Municipal. De acordo com o diretor da Vigilância Sanitária, Marcelo Gama, essa clínica já tinha sido notificada para regularizar a documentação junto ao órgão.

É importante explicar que o optometrista pode atuar normalmente dentro dos limites previstos na legislação, ou seja, ele não pode exercer a função do oftalmologista, nem utilizar os equipamentos restritos a esses profissionais. A oftalmologia e a optometria são áreas afins e complementares. Os riscos aos pacientes são inúmeros, pois somente o médico especialista é capaz de identificar e prevenir doenças. Então, nosso papel é zelar pela segurança sanitária da população do nosso município”, frisou.

Para a realização de denúncias, a população pode entrar em contato com a Ouvidoria do Município, através do número 156, whatsApp (087) 9 9985-0081 ou pelo site: petrolina.pe.gov.br

Assessoria de Comunicação da Agência Municipal de Vigilância Sanitária

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar