No São João de Petrolina, Dorgival Dantas defende festividades juninas autênticas

Ao se apresentar no São João de Petrolina nessa quinta-feira, 20, o cantor, compositor e sanfoneiro Dorgival Dantas fez uma crítica velada aos organizadores da festa, em referência à contratação artistas não forrozeiros para a programação. O potiguar destacou que o São João surgiu no Nordeste, mas está perdendo sua identidade.

“O São João surgiu em momentos difíceis, no pé da serra, não tinha nem energia. Então, minha gente, vamos tomar cuidado para que amanhã a gente não perca essa coisa maravilhosa. Não deixem que tirem isso da gente, é um orgulho do Nordeste, é um orgulho nosso. Faz parte do nosso ser, do nosso sangue. São João é nordestino, São João é uma coisa nossa”, afirmou.

Depois, pediu que os forrozeiros do Nordeste também tenham mais oportunidades em festas de outras regiões do Brasil. “Que os sanfoneiros tenham mais oportunidades, que os artistas de fora sejam bem-vindos, mas que abram um espacinho para os forrozeiros lá fora também. Do jeito que a gente recebe bem, nos dê uma oportunidade em outras regiões”, completou.

Dorgival terminou o show dizendo: “Se pra fazer sucesso eu precisar subir no palco, desrespeitar todo mundo, chamar palavrões em minhas canções ou falar mal de alguma mulher sem ela merecer, eu penduro a minha sanfona e deixo de cantar que eu vou ficar mais feliz”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar