Com 75% das unidades de ensino de Petrolina reestruturadas, meta da prefeitura é melhorar toda a rede até 2020

Quase três anos após encontrar um cenário de abandono em boa parte das unidades de ensino da rede municipal, o prefeito de Petrolina Miguel Coelho vem conseguindo reverter essa realidade. Para garantir as condições necessárias na estrutura da rede escolar aos mais de 53 mil estudantes, a administração já investiu até o momento em 90 creches e escolas, que receberam melhorias com obras de manutenção. Isso equivale a 75% de todas as unidades de ensino.

O trabalho já beneficiou bairros da área urbana e zona rural. Segundo a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, mais obras estão em fase conclusiva. A meta é deixar 100% da rede escolar em perfeitas condições de funcionamento.

Na área urbana, são 40 escolas e creches como as do José e Maria, São Gonçalo, Antônio Cassimiro e Vale do Grande Rio; já na zona rural, mais 40 unidades com obras concluídas ou em andamento – a exemplo das Pedrinhas, Bebedouro, Izacolândia, área Irrigada e Rajada.

Só no distrito de Rajada, as obras de manutenção nas unidades CMEI Gabriel Moreira, Escola Manoel Januário Rodrigues (no Sítio Barra Franca/foto) e Escola Estevão Rodrigues Coelho já foram totalmente concluídas. Na Escola José Cícero de Amorim, também localizada na comunidade, as obras já chegaram a 50%. Em pouco tempo, os alunos da instituição serão beneficiados com um espaço completamente reestruturado. Essa é uma das ações da plataforma ‘Petrolina Educa’, iniciativa para garantir um ensino de qualidade às crianças da área urbana e zona rural. “Estamos investindo na reestruturação da rede de ensino nas dimensões pedagógica, física, de equipamentos e materiais, com o objetivo de melhorar cada vez mais a educação pública Municipal”, destacou a secretária Margareth Costa.

 

 

Fonte: Blog do Carlos Britto

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar