Câmara aprova projeto que cria cargos de professor intérprete e instrutor de LIBRAS, em Petrolina

Um dos 10 projetos aprovados na sessão ordinária de quinta-feira (14) na Câmara de Vereadores de Petrolina foi o de número 17/2019, cuja autoria é do Poder Executivo. Nele ficam criados os cargos de Professor Intérprete, Instrutor da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e Professor Brailista.

A matéria foi aprovada por 16 votos a zero e seguirá para sanção do prefeito Miguel Coelho (MDB). Membro do movimento de intérpretes de Petrolina, Maria Soares celebrou a aprovação da matéria. “Temos que comemorar, é a primeira vez que a gente tem a nossa profissão dentro do quadro de cargos [do município] e contempla também as pessoas cegas, é algo positivo. É a primeira vez que vamos entrar como cargo reconhecido“, disse ao Blog Waldiney Passos.

Contudo, a categoria vê algumas ressalvas no projeto que precisam ser reajustados. “A gente tem o direito de atuar, tem o concurso e vamos poder ocupar essas vagas. Porém, temos problemas em alguns pontos. Em um dos artigos diz que o intérprete deverá fazer atendimento em contra-turno, quando a lei fala em 100 horas e ainda fazer contra-turno, temos que fazer o regime de 8h diárias”, explicou.

 

Fonte Blog do Waldiney Passos

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar