Floresta-PE: Incêndio na caatinga foi controlado e moradores criticam a ausência do governo do estado

O fogo que vinha consumindo a caatinga do município de Floresta, sertão de Pernambuco, foi controlado na noite desta quarta-feira (06). O fogo teve inicio na manhã da terça e ao longo de dois dias foi causando prejuízo e destruição por onde passava, uma área imensa de vegetação foi completamente engolida pelas chamas e agora é só cinzas.

Ainda não sabemos o que teria provocado o incêndio, nem de onde exatamente o fogo foi iniciado, também não há informações se houve animais atingidos e/ou perdas, ou prejuízos com materiais e equipamentos agrícolas das fazendas atingidas pelo incêndio. Equipes do Corpo de Bombeiros, gente da prefeitura e voluntários ainda estão na área atingida pelo incêndio.

A população agradece aos que voluntariamente foram ajudar no combate ao incêndio, ainda aos prefeitos da região que se sensibilizaram com a situação e enviaram ajudas. Bem como, aos esforços do prefeito do município Ricardo Ferraz, que enviou para a região do incêndio homens e equipamentos para conter as chamas que se alastravam pela zona rural.

Em contato com nossa redação, alguns moradores manifestaram total decepção com o governador Paulo Câmara. Um deles disse que se o governo fosse mais presente o prejuízo teria sido menor, aponta ainda o fato de não ter na cidade uma unidade do Corpo de Bombeiros, para esse morador da cidade de Floresta, o fogo só foi controlado graças à voluntariedade de muitos.

Outro morador disse que a omissão do governador Paulo Câmara, colocou em risco a vida de muita gente. O mesmo lembra que ao longo de duas noites tinha gente na caatinga tentando controlar as chamas, sem nenhum equipamento adequado e podendo cair num buraco ou ferir-se em meio à caatinga. Esse morador disse que reconhece os esforços dos poucos homens do Corpo de Bombeiros, todavia sentiu-se completamente abandonado pelo estado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar