Preso em Petrolina, um dos envolvidos na morte de menino de 5 anos em Juazeiro revela ter planejado morte de padrasto da vítima

Uma ação do 2º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (BIEsp) na noite de ontem (13), na Orla de Petrolina, terminou com a prisão de Patrick de Souza Bezerra. Ele é um dos envolvidos no assassinato de um menino de 5 anos, ocorrido por volta das 15h30 de ontem, no Bairro Alto da Maravilha, em Juazeiro (BA).

Ele estava numa moto conduzida pelo seu comparsa, José Alex da Silva. Segundo informações policiais, Patrick é o autor dos tiros contra Samuel Ribeiro da Silva, 18 anos, padrasto do menino. Samuel foi atingido de raspão no braço, mas os tiros também acertaram seu enteado. Ambos foram encaminhados à UPA de Juazeiro. Os médicos da unidade ainda tentaram reanimar a vítima, mas não conseguiram evitar o óbito.

Patrick foi detido na Orla de Petrolina por um policial do 2º BIEsp, que solicitou reforço do efetivo. Homens do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) deram suporte à ação. Após ser preso, o acusado foi encaminhado ao Complexo Policial de Juazeiro, onde confessou o crime. De acordo com o relato de Patrick, ele e José Alex combinaram a morte de Samuel como um “acerto de contas”, uma vez que Alex já tinha uma rixa antiga com o padrasto do garoto por este ter assassinado Romário Calixto, em março deste ano.

Além disso, Alex já tinha mantido um relacionamento amoroso com a companheira de Samuel, Luma Lima dos Santos (mãe do menino). Segundo o 2º BIEsp, todos os envolvidos nessa trama têm ligação com entorpecentes. Patrick foi autuado em flagrante pela prática de homicídio qualificado, tendo sido submetido a exame de lesões corporais, e será apresentado em audiência de custódia.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar