Projeto social em Petrolina viabiliza doação de 38 volumes da Bíblia em braile

Uma iniciativa da Sociedade Bíblica do Brasil, em parceria com a Prefeitura de Petrolina, permitirá que pessoas com deficiência visual tenham acesso, de forma gratuita, ao conteúdo do Livro Sagrado em braile. Um encontro realizado no gabinete da vice-prefeita de Petrolina, Luska Portela, na quinta-feira (7), marcou a doação de 38 volumes para o acervo da Biblioteca Municipal Cid Carvalho.

O encontro teve ainda a presença do secretário executivo de Cultura, Cássio Lucena; da diretora do Núcleo de Apoio Psicopedagógico às Pessoas com Deficiência (NAPPNE), Emiliana Freire; do representante da Associação dos Deficientes Visuais de Petrolina, Paulo César Dias; da equipe da Sociedade Bíblica do Brasil no Nordeste e funcionárias da Biblioteca Municipal Cid Carvalho. Esteve presente também a estudante deficiente visual e autista Maria Clara Vieira Mendes, de 11 anos. Acompanhada da sua mãe e do professor de AEE, ela brindou os convidados com seu talento para o canto.

Além da Bíblia, também vão fazer parte do acervo exemplares infantis em tinta e os Salmos para colorir em Libras (Língua Brasileira dos Sinais). A iniciativa faz parte do ‘Projeto Acolher’ da Sociedade Bíblica do Brasil, que tem a proposta de promover, por meio da Bíblia, a inclusão social, facilitar o desenvolvimento cultural, estimular a alfabetização e promover a integração da pessoa com deficiência à vida comunitária, além de promover a autonomia e incentivar a pessoa com deficiência visual a desenvolver de forma fluente, a leitura e a escrita em braile.

Luska Portela comemorou a iniciativa. “A Prefeitura de Petrolina já desenvolve um trabalho muito bom nessa área nas escolas e no social, e essa parceria chega para fortalecer nossas ações. Estamos agradecidos pela doação feita pela Sociedade Bíblica do Brasil. Iniciativas voltadas à inclusão são sempre bem-vindas”, pontuou.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar