Sangue e restos de animais despejados em lagoa causam podridão e riscos à saúde

Os moradores dos bairros São Geraldo e Tabuleiro em Juazeiro (BA), precisam conviver, diariamente,  com o descaso do poder público sobre uma ‘Lagoa de Sangue’  que causa fortes odores e riscos à saúde da população.

Os rejeitos, lodos e restos de animais estão numa área residencial ao lado do matadouro. Vale ressaltar que nas imediações encontra-se, também, a lagoa de estabilização do município que fica as margens da BA- 210.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Juazeiro (SESAB), a responsabilidade pela fiscalização  é atribuída à Agência de Defesa Agropecuária da Bahia.

(Foto: Jacira Felix)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar