Petrolina (PE): Mistério sobre criança encontrada enterrada completa 42 dias

Ainda é um mistério a identidade da criança encontrada enterrada no dia 13 de janeiro de 2020 num matagal que fica no  Bairro Vale Dourado em Petrolina (PE). Após 42 dias que o corpo foi encontrado, nenhum responsável pelo crime foi preso.

Informações sobre  motivações do homicídio, nome de seus familiares ou qualquer pista sobre a criança ainda estão sendo investigadas pela Polícia Civil de Pernambuco.

De acordo com  Equipe da 25ª Delegacia de Homicídios da 26ª DESEC responsáveis pelo caso,  o  corpo da criança estava enterrado em uma cova rasa apenas com um braço exposto. A vítima estava sem roupas e apresentava um hematoma no rosto. A causa da morte, por sua vez,  foi devido à hemorragia interna por traumatismo abdominal causado por instrumento contundente.

A reconstituição da imagem do rosto do menino (veja a matéria aqui), que aparenta ter 2 ou 3 anos,  teve o apoio  do Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB) por meio da Perícia Iconográfica de Reconstituição Necrofacial. O minucioso trabalho precisou ser realizado pois o rosto da criança estava desfigurado quando foi encontrado. De acordo com a polícia, a reconstrução da nova face, que contou com o auxílio de um banco de imagens, denota uma similaridade alta e pode ser utilizado durante as investigações.

Denúncias sobre o caso poderão ser feitas pelo telefone do Força Tarefa de Homicídios (87)98877-2241 ou enviar uma mensagem via direct para o Instagram do Delegado Magno Neves, @delegadomagnoneves

 

 

Fonte: Blog Edenevaldo Alves

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar