Boletim Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco (17-06-2020)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta quarta-feira (17.06), 1.019 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 161 (15,7%) se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 858 (84,3%) como leves. Agora, Pernambuco totaliza 47.446 casos já confirmados, sendo 17.566 graves e 29.880 leves.  Além disso, o boletim registra 30.986 pessoas curadas da Covid-19 no Estado. Desse total, 7.607 são de casos graves e 23.379 casos leves.

Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 170 municípios pernambucanos (tabela 1), além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 50 óbitos (sendo 26 do sexo masculino e 24 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Recife (13), Jaboatão dos Guararapes (5), Paulista (3), Caruaru (2), Cupira (2), Itapissuma (2), Joaquim Nabuco (2), Agrestina (1), Amaraji (1), Barreiros (1), Bom Jardim (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Camaragibe (1), Chã Grande (1), Glória do Goitá (1), Goiana (1), Gravatá (1), Lagoa do Itaenga (1), Moreno (1), Olinda (1), Santa Cruz do Capibaribe (1), São Lourenço da Mata (1), Taquaritinga do Norte (1), Timbaúba (1), Tracunhaém (1) e Trindade (1), além de 2 mortes de pessoas provenientes de outros estados. Com isso, o Estado totaliza 4.009 mortes pela doença.

Os óbitos aconteceram entre os dias 28 de abril e 16 de junho e os pacientes tinham idades entre 19 e 94 anos, além de um bebê recém-nascido (3 meses) do sexo feminino. Dos 50 pacientes que vieram a óbito, 31 apresentavam comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (13), diabetes (12), hipertensão (10), doença renal (3), imunossupressão (2), obesidade (2), tabagismo/histórico de tabagismo (2), câncer (2), doença neurológica (1), leucemia (1), doença de Alzheimer (1), anorexia (1), histórico de AVC (1), epilepsia (1) e doença respiratória (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação pelos municípios.

As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 10 a 19 (1), 20 a 29 (3), 30 a 39 (1), 40 a 49 (3), 50 a 59 (9), 60 a 69 (7), 70 a 79 (9), 80 ou mais (16).

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 14.073 casos foram confirmados e 15.686 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde.

 

Fonte: Blog do Didi Galvão

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar