Esquema de segurança rigoroso garante tranquilidade do São João de Petrolina

A força dos festejos juninos de Petrolina, marcada pela tradição do evento no município, tem na segurança um importante aliado para garantir todo esse sucesso. No novo Pátio de Eventos Ana das Carrancas, no Bairro KM-2, o trabalho é realizado por equipes da Guarda Civil Municipal (GCM); Corpo de Bombeiros (CB); Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal; além de uma empresa particular contratada para reforçar o monitoramento e garantir a segurança viária, externa e interna de milhares de pessoas que circulam pelo QG da festa.

O quantitativo de ocorrências relevantes registradas até o momento é considerado baixo pelos órgãos que atuarão no local durante as nove noites da programação no pátio de eventos. Em toda extensão do espaço é possível avistar um policial ou agente de segurança. Só da GCM e PM estão escalados, em média, 302 agentes por dia. Outros 200 seguranças privados ajudam no monitoramento da festa.

Por noite, cerca de 62 agentes da ‘Força Azul’ seguem atuando no entorno da festa. A PM, através do 5° Batalhão e do 2º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (BIEsp), está com um efetivo de 240 policiais por dia, a depender do fluxo esperado de pessoal por noite. Na segurança viária, todo o efetivo da Polícia Rodoviária Federal, em regime de escala, está atuando. Como também, a equipe da Polícia Civil (PC) trabalha durante o festejo junino.

O esquema ainda conta com pontos fixos de vigilância, dezenas de viaturas dos órgãos federais, estaduais e municipais. Outro detalhe é que o pátio está totalmente coberto por monitoramento de câmeras que registram a movimentação de quem circula pelo local.

Modelo

Para o secretário de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Sustentabilidade, Emicio Júnior, o esquema de segurança do São João de Petrolina está se consolidando como um modelo para demais cidades do país. “Sem dúvida nenhuma, podemos afirmar que o São João de Petrolina, hoje, se torna uma referência. Esse bom resultado registrado até agora, é fruto do trabalho integrado das forças de segurança em todos os níveis“, frisou.

 

Fonte: Blog do Carlos Britto

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar