Acompanhado de Miguel, Simão Durando vistoria detalhes finais de obras do Hospital Municipal

Terceira maior cidade de Pernambuco, Petrolina está perto de dar mais um grande passo na saúde pública. As obras do Hospital Municipal entraram em ritmo de conclusão. Na última segunda-feira (1), o prefeito Simão Durando esteve, junto com o ex-prefeito Miguel Coelho, conferindo a etapa final para a inauguração do equipamento.

Em estilo do tipo ‘hospital dia’, a unidade será referência para a assistência intermediária, de baixa e média complexidade, desenvolvendo atividades ambulatoriais, procedimentos clínicos e cirúrgicos, diagnósticos e terapêuticos. A estrutura terá 14 consultórios ambulatoriais, três salas operatórias, quatro leitos de recuperação pós-anestésica; 12 leitos de clínica cirúrgica; além de sala de fisioterapia e odontologia.

De acordo com Simão Durando, a expectativa é de que o equipamento realize cerca de 2 mil atendimentos por mês para todos os públicos. “Muito feliz em visitar essa obra, já nos ajustes finais. É realmente muito emocionante, porque esse é um sonho antigo do nosso povo que já é real. Esse equipamento vai permitir que o município amplie a oferta de serviços em saúde pública, reduzindo as filas de espera e garantindo o atendimento integral e continuado dos usuários do SUS de Petrolina“, celebrou.

Avanços

De acordo com o Miguel Coelho, os avanços na saúde de Petrolina são inúmeros, desde o Centro de Parto Normal, Centro de Referência em Saúde da Mulher, construção de prédios próprios para os CAPs, reforma e construção de postos de saúde, a compra de equipamentos para a realização de exames, a exemplo do mamógrafo, e os mutirões de consultas e cirurgias.

Nós iniciamos a reestruturação da rede de saúde, com a abertura de postos de saúde, ampliação da policlínica, construção do Centro de Parto e o Centro da Mulher. Agora, o prefeito Simão vem fazendo muito mais. Esse hospital ficará como um marco da saúde pública. O prefeito continuará contando com nossa força política para proporcionar mais conforto e qualidade na prestação de serviço em nossa rede própria, sobretudo na realização de cirurgias, desafogando assim a demanda dos procedimentos na baixa e média complexidade. Simão tem feito muito e vai continuar fazer ainda mais”, concluiu.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar